Domingo, 25 de Novembro de 2007

A carta

Ex.mo Senhor Ministro das Finanças



Victor Lopes da Gama Cerqueira, cidadão eleitor e contribuinte deste País,
com o número de B.I. 8388517, do Arquivo de identificação de Lisboa,
contribuinte n.º152115870 vem por este meio junto de V.Ex.a para lhe fazer
uma proposta:


A minha Esposa, Maria Amélia Pereira Gonçalves Sampaio Cerqueira, foi vítima
de CANCRO DE MAMA em 2004, foi operada em 6 Janeiro com a extracção radical
da mesma.


Por esta "coisinha" sem qualquer importância foi-lhe atribuída uma
incapacidade de 80%, imagine, que deu origem a que a minha Esposa tenha
usufruído de alguns benefícios fiscais.


Assim, e tendo em conta as suas orientações, nomeadamente para a CGA, que
confirmam que para si o CANCRO é uma questão de só menos importância.


Considerando ainda, o facto de V. Ex.ª, coerentemente, querer que para o ano
seja retirado os benefícios fiscais, a qualquer um que ganhe um pouco mais
do que o salário mínimo, venho propor a V. Ex.ª o seguinte:


a) a devolução do CANCRO de MAMA da minha Mulher a V. Ex.ª que, com os meus
cumprimentos o dará à sua Esposa ou Filha.

b) Concomitantemente com esta oferta gostaria que aceitasse para a sua
Esposa ou Filha ainda:

c) os seis (6) tratamentos de quimioterapia.

d) os vinte e oito (28) tratamentos de radioterapia.

e) a angustia e a ansiedade que nós sofremos antes, durante e depois.

f) os exames semestrais (que desperdício Senhor Ministro, terá que orientar
o seu colega da saúde para acabar com este escândalo).

g) ansiedade com que são acompanhados estes exames.

h) A angústia em que vivemos permanentemente.


Em troca de V. Ex.ª ficar para si e para os seus com a doença da minha
Esposa e os nossos sofrimentos eu DEVOLVEREI todos os benefícios fiscais de
que a minha Esposa terá beneficiado, pedindo um empréstimo para o fazer.

Penso sinceramente que é uma proposta justa e com a qual, estou certo, a sua
Esposa ou filha também estarão de acordo.


Grato pela atenção que possa dar a esta proposta, informo V.Ex.a que darei
conhecimento da mesma a Sua Ex.ª o Presidente da República, agradecendo
fervorosamente o apoio que tem dispensado ao seu Governo e a medidas como
esta e também o aumento de impostos aos reformados e outras...


Reservo-me ainda o direito (será que tenho direitos?) de divulgar esta carta
como muito bem entender.

Como V. Ex.ª não acreditará em Deus (por se considerar como tal...) e por
isso dorme em paz, abraçando e beijando os seus, só lhe posso desejar que
Deus lhe perdoe, porque eu não posso (jamais) perdoar-lhe.


Atentamente> 19/Outubro/2007> Victor Lopes da Gama Cerqueira

Eu não conheço a pessoa mas uma amiga e antiga colega conhece, pois o mundo é realmente pequeno.

Acho que com esta carta ele consegue explicar o tantos sentem e não conseguem dizer.

Fazer Leis não é só "dar bitates" convém ver o que acontece a quem elas vão cair em cima....

Luar

 

música: (o rádio é grande demais)
Bichanado por: Luar às 18:38
link do post | Miar ou Rosnar: | favorito
| | partilhar
5 comentários:
De O Réprobo a 25 de Novembro de 2007 às 22:07
Querida Luar,
É que os nossos governantes e burocratas é que tiraram por correspondência o curso de seres humanos...
Beijinho
De Luar a 27 de Novembro de 2007 às 20:30
Dar ordens quando não nos toca é fácil.
De Ana a 26 de Novembro de 2007 às 14:53
Rwecebi essa carta por email, está realmente fabulosa
De Luar a 27 de Novembro de 2007 às 20:32
Fabulosa ela está mas não sei se terá efeito. Obrigada pela visita
De Bic Laranja a 27 de Novembro de 2007 às 22:42
Demasiado contundente nos termos. Mas inteiramente justificada perante o infeliz fataliismo do destino. O economicismo e a inépcia dos nossos governantes chega a ser criminosa.
Cumpts.

Comentar post

*tradutor / translater

Pode ser uma praia de águas turquesas peixes coloridos e luares românticos ou uma praia rochosa com altas escarpas, água cor de chumbo e céus rasgados pelos ventos e pelos raios.....

Se vieres na positiva (triste ou alegre), entra, descalça-te sente os cheiros e conversa! Se vens na negativa (mau ou mesquinho), nem te descalces que me sujas a areia....

Partido Pelos Animais

*Bisbilhutar:

 

*Posts recentes

* Falta de profissionalismo

* Vários tipos de Amigas

* O que nunca te disse!

* São apenas objectos...

* O máximo!!!

* Rena Doida

* Cruz Credo!!!!

* A casa

* Dia da Mãe

* Novidades...

*arquivos

* Novembro 2015

* Outubro 2015

* Outubro 2014

* Abril 2014

* Outubro 2013

* Agosto 2013

* Maio 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Novembro 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

* Janeiro 2005

* Dezembro 2004

* Novembro 2004

*tags

* todas as tags

*links

View a_Luar's profile on slideshare
Partido Pelos Animais
flashvars="r=2&appId=1eeef5cd-d72f-487a-a611-ebff4263be90" >

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                               

blogs SAPO

*subscrever feeds