Sábado, 8 de Dezembro de 2007

1ª Corrida de Automóveis Figueira da Foz Lisboa

 

 

 

"Sobre a primeira edição da "Grande Corrida de Automóveis Figueira da Foz Lisboa" (nome dado ao evento em 1902), completam-se 100 anos este domingo, 27 de Outubro (2002). Dos dez participantes que saíram da Figueira da Foz, chegaram ao fim apenas três: o Darracq de 8 cv, de Tavares de Melo, tripulado pelo francês Edmond, que chegaria a Lisboa em 6 horas, 24 minutos e 5 segundos, mas viria a ser desclassificado, o Fiat do Infante D. Afonso, conduzido pelo italiano Giuseppe Bordino, e que venceria a prova, e na terceira posição, novamente um Darracq, guiado por Afonso de Barros, que chegaria à capital em 8 horas, 43 minutos e 43 segundos.

Da Figueira da Foz, os concorrentes dirigiram-se para Montemor-o-Velho e daí para Coimbra, onde Tavares de Melo, ao volante de um Darracq, foi substituído por Edmond, dando origem à posterior desclassificação do veículo que mais depressa completou o trajecto. Seguiram-se Leiria, Alcobaça, Óbidos, Cadaval, Azambuja, Alhandra, Alverca e, finalmente, Lisboa."

 

Retirado do http://antoniocruz.net/mostrar/eventos/2002/automoveisantigos/

 

 

 

 

Darracq [1902]
www.fastaccess.pt (retirado de )


 
Este extraordinário automóvel, que se admite ser único no mundo, dispõe de um motor de dois cilindros separados e ligados em linha o que, de certo modo, equivale a dizer que o carro tem dois motores de um cilindro cada.

Veio para Portugal, em Outubro de 1902, através da alfândega da Figueira da Foz, mas despachado como máquina agrícola, por não haver ainda pautas aduaneiras para os automóveis. Francisco Augusto Pereira Gonçalves de Tentúgal, pai do médico Armando Augusto Leal Gonçalves, tornou-se o seu primeiro proprietário ao adquiri-lo por 2050$00. Foi registado em 20 de Fevereiro de 1903, por só então se tornar obrigatório o registo. Nessa data fizeram o exame de condução ao proprietário e seu filho, sendo examinador um engenheiro das Obras Públicas que, por sinal, nunca havia entrado num automóvel. Foi pois na qualidade de examinador que o fez pela primeira vez. Bem consciente da importância histórica do acto, apresentou-se o dito engenheiro de sobrecasaca e chapéu alto. Os examinandos prestaram, com êxito, as suas provas, tendo sido atribuída a carta n.º 1, de Coimbra, ao proprietário do Darracq e a seu filho a n.º 2. Ao Darracq, talvez como augúrio de um futuro brilhante foi dada a matrícula n.º 1 de Coimbra.

Não se desmoralizou Francisco Pereira Gonçalves com alguns problemas de aquecimento que o carro trazia de fábrica. O radiador, que era um tubo largo em serpentina colocado a frente do eixo, foi modificado para o modelo adoptado pela fábrica em 1904, o que além de resolver essa dificuldade beneficiou a estética do carro, tornando-o mais elegante. Concluída essa transformação parte para longas viagens, verdadeiras aventuras, através das estradas de então, se é que estradas podiam ser consideradas. Tendo Coimbra como ponto de partida vai à Serra da Estrela, à Serra da Pampilhosa, a Tancos, a Castelo de Vide... O Caramulo é por diversas vezes alcançado em visita a um familiar do proprietário, que aí se encontrava por ter contraído tuberculose. Nessa altura a estrada só chegava ao meio da Serra, entre Campo de Besteiros e o actual Museu. Em 1903 entra para a “História” como protagonista do primeiro acidente automóvel em Coimbra. Perto de Sansão o abalroamento com o Benz do Dr. Joaquim Augusto de Sousa Refóios, Lente da Universidade de Coimbra, dá origem a estragos materiais no valor de 15$80 no Darracq e 37$60 no Benz. O caso acaba em tribunal sendo a questão ganha pelo Dr. Armando Gonçalves.

O Darracq mantém-se na posse dos herdeiros de Armando Gonçalves, abandonado numa quinta perto de Tentúgal. Em 1952 os médicos do Caramulo, Trajano Pinheiro e Carlos Madeira Lopes, conseguem comprá-lo para o oferecerem a João de Lacerda, como presente de anos, em 19 de Agosto. Em Lisboa, nas oficinas do Eng.º José Jorge Canelas, é restaurado ao mais pequeno pormenor.

Inicia uma nova vida de grandes sucessos... A clássica “London Brighton” é cumprida, com êxito, em 1974-79-86. Em 1978, no “Rallye du Luxembourg”, não tem qualquer problema em terminar e recentemente, a 2 de Outubro de 1994, participou no “Rallye des Ancêtres dans les Hauts de Seine”, equivalente em França ao “London Brighton”, isto é, reservado apenas a automóveis fabricados até 1904.

Este belo automóvel de bonita carrosserie, em madeira envernizada, fabricada por A. Vedrine et Cie, Courbevoie – Seine, está registado, no Veteran Car Club of Great Britain, com o n.º 865, e integra a colecção permanente de automóveis do Museu do Caramulo.

Este Darracq estará em exposição no Salão Motorclássico em Lisboa, a decorrer nos dias 24, 25 e 26 de Março, na FIL em Lisboa.

Características:
1902
França
12 CV
2 cilindros
2360 c.c.
3 velocidades
710 kg
65 Km/h
Motor #3190

 

 

 

 

A minha Avó e o marido Afonso de Barros a quem a minha mãe dizia de brincadeira:

 

- "Oh Paizinho eu a correr ao lado do carro ando mais depressa..."

 

Ora isto não se diz ao corredor que ficou em 3º lugar na 1ª corrida de automóveis Figueira da Foz/Lisboa!!!!

 

 

Malandrinha ela.....

 

 

 

 

 

 

Este automóvel não sei o que era!

 

 

 

 

 

 

 

Bichanado por: Luar às 16:14
link do post | Miar ou Rosnar: | favorito
| | partilhar
4 comentários:
De T a 14 de Dezembro de 2007 às 17:18
às tantas ainda és prima. Também sou Barros, risos. Ruico avô:)
De Luar a 15 de Dezembro de 2007 às 09:08
Prima, prima não seri pois o vovô era Padrasto da minha Mãe, mas no final somos todos família. beijos
De Bic Laranja a 15 de Dezembro de 2007 às 00:33
Que rica história. :)
Cumpts.
De Luar a 15 de Dezembro de 2007 às 09:11
eu sempre a achei muito divertida. existe o recorte do jornal e a medalha que mais tarde o ACP ofereceu mas quem a tem é a minha irmã mais velha pois o 2º marido dela é ligo aos automóveis mas ao morris foi o pai dele quem esteve envolvido na criação do fantástico mini e mais tarde do mini-moke. claro que o sr. é inglês.

Comentar post

*tradutor / translater

Pode ser uma praia de águas turquesas peixes coloridos e luares românticos ou uma praia rochosa com altas escarpas, água cor de chumbo e céus rasgados pelos ventos e pelos raios.....

Se vieres na positiva (triste ou alegre), entra, descalça-te sente os cheiros e conversa! Se vens na negativa (mau ou mesquinho), nem te descalces que me sujas a areia....

Partido Pelos Animais

*Bisbilhutar:

 

*Posts recentes

* Falta de profissionalismo

* Vários tipos de Amigas

* O que nunca te disse!

* São apenas objectos...

* O máximo!!!

* Rena Doida

* Cruz Credo!!!!

* A casa

* Dia da Mãe

* Novidades...

*arquivos

* Novembro 2015

* Outubro 2015

* Outubro 2014

* Abril 2014

* Outubro 2013

* Agosto 2013

* Maio 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Novembro 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

* Janeiro 2005

* Dezembro 2004

* Novembro 2004

*tags

* todas as tags

*links

View a_Luar's profile on slideshare
Partido Pelos Animais
flashvars="r=2&appId=1eeef5cd-d72f-487a-a611-ebff4263be90" >

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                               

blogs SAPO

*subscrever feeds