Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

Ainda o Ricardo - IRIS-movimento fotográfico

 

"Assunto: Ao Ricardo, a Lisboa, à Vida.
 
Um homem forte como uma tempestade
Irrequieto, incapaz de conter o que carregava no peito,
de traços fortes com os quais fundamentou em nós a amizade que advém da convivência de quem troca três dedos de conversa, e quando damos por nós essa conversa...é amizade, é sinceridade. O Ricardo é assim.
Ricardo, Lisboa ama-te.
 
O Ricardo faleceu ontem,
a quem o conheceu,
quem com ele privou,
de máquina ao peito
no teatro,
nas tertúlias,
no dom da palavra,
nas conversas alongadas com um homem de voz forte,
um amante de Lisboa,
um apaixonado pelo palco e pela vida
viveu momentos de paixão, de bonança e nunca de indiferença.
 
Momentos genuínos,
fascinantes,
sinceros que trazem a saudade,
 
...ficam os olhos de um azul imenso, como o seu génio, como a sua bonança.
 
À Maria, sua amada filha, em nome do IRIS-movimento fotográfico as nossas condolências, a nossa saudade imensa em cada um.
 
Daniel"
Bichanado por: Luar às 11:58
link do post | Miar ou Rosnar: | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar

Morreu um Amigo!

Sim, morreu um Amigo!

 

Amigo nem sempre são aqueles que conhecemos há longos anos, amigos podem ser pessoas que apenas conhecemos por breves instantes mas que nos tocaram de um modo especial, amigos são todos aqueles que passam por este mundo, pelas nossas vidas e nos deixam a sua marca.

 

Foi o caso do Ricardo!

 

Ricardo era o amigo da fotografia, aquele amigo sempre de sorriso nos lábios e com uns olhos muito azuis de um azul muito profundo, não que fossem "aqueles olhos", mas eram uns olhos nos quais se via a Alma, a vontade e a alegria de Viver!

 

Ricardo era aquele que nas reuniões falava sempre mais que qualquer outra pessoa, por vezes tínhamos que o mandar calar..

 

Era quem fotografava tudo e todos e guardava todas a fotos, nunca apagava nenhuma... brincávamos com o espaço que deveria ocupar no PC...

 

Era aquele que um dia fotografamos as cegonhas em dia feio sem sol, de céu cinzento e que quando mostrou sua foto tinha um céu azul, azul cor de turquesa!

 

Quando eu lhe disse:

 

- Isso não vale "pintaste" o céu!

 

Ele sorriu com a boca e os olhos e disse:

 

- Claro, achas que ia deixar o céu naquela cor cinzenta horrível... e deu uma gargalhada.

 

Ainda me lembro do belo almoço que Tivemos nesse dia depois do passeio das fotos....

 

Era o Homem que numa noite percorria e via 2 ou 3 peças de Teatro, saltava de um lado para o outro como ninguém...

 

Ricardo não vivia a Viva, Ricardo bebia a Vida!

 

Se houve pessoa que mereceu o direito à Vida foi ele, pois ele sabia dar-lhe valor, aproveitá-la, como poucos o sabiam.

 

No seu Blog À Descoberta de Portugal

 

www.adescobertadeportugal.blogspot.com/

 

 

ele deu-nos o Teatro, a Cultura e muito mais, deu-nos uma parte da sua paixão.

 

 

O seu orgulho como Pai, o carinho com que falava da Filha, toda a ternura:

 

A minha Filha que está nas forças Armadas...... E enchia o peito e ficava com os olhos brilhantes....

 

O Ricardo foi para outro caminho e se bem o conheço foi de máquina fotográfica, e vai pintar mais céus, fotografar mais ainda, e ver muito mais teatro, e aqueles olhos azuis e aquele sorriso vão continuar a abrir-se para a eternidade.

 

Nós que tivemos o privilégio de o conhecer, basta-nos olhar para o céu nas noites estreladas e depois fechá-los ele estará lá algures, mas está!

 

 

 

 

Beijo grande

 

 

 

Luar

 

 

 


 

 

 

 

Bichanado por: Luar às 01:12
link do post | Miar ou Rosnar: | favorito
| | partilhar

*tradutor / translater

Pode ser uma praia de águas turquesas peixes coloridos e luares românticos ou uma praia rochosa com altas escarpas, água cor de chumbo e céus rasgados pelos ventos e pelos raios.....

Se vieres na positiva (triste ou alegre), entra, descalça-te sente os cheiros e conversa! Se vens na negativa (mau ou mesquinho), nem te descalces que me sujas a areia....

Partido Pelos Animais

*Bisbilhutar:

 

*Posts recentes

* Ainda o Ricardo - IRIS-mo...

* Morreu um Amigo!

*arquivos

* Novembro 2015

* Outubro 2015

* Outubro 2014

* Abril 2014

* Outubro 2013

* Agosto 2013

* Maio 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Novembro 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

* Janeiro 2005

* Dezembro 2004

* Novembro 2004

*tags

* todas as tags

*links

View a_Luar's profile on slideshare
Partido Pelos Animais
flashvars="r=2&appId=1eeef5cd-d72f-487a-a611-ebff4263be90" >

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                               

blogs SAPO

*subscrever feeds