Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Stop que a ASAI não deixa...

 

Como a ASAI não gosta eu publico!!

 

 

Arroz de Cabidela

Ingredientes :

  • 1 galinha ;
  • 0,5 dl de azeite ;
  • 3 colheres ( sopa ) de vinagre ;
  • 1 cebola grande ;
  • 2 dentes de alho ;
  • 100 gr de toucinho ;
  • 1 folha de louro ;
  • 1 malagueta ;
  • 1 tigela de arroz ;
  • Sal q.b.

 

Aproveite o sangue da galinha deitando-o numa tigela com três colheres de sopa de vinagre para que não coalhe ( como alternativa ao sangue da galinha consulte o seu talho ).
Numa panela ponha a refogar no azeite a cebola e os alhos picados.
Junte-lhe a galinha cortada aos bocados pequenos e os miúdos ( excepto o fígado ), o toucinho cortado, o louro e a malagueta cortada ao meio.
Refogue tudo, tempere com sal e deixe estufar em lume brando.
Cubra a carne com água quente, tape a panela e deixe cozer até a galinha ficar macia.
Depois de cozida retire a galinha e rectifique a água para que fique na proporção de 3/1 para a cozedura do arroz. Assim que levantar fervura junte o arroz.
Três ou quatro minutos antes de ficar pronto junte o sangue, misture-o bem, junte também a carne e deixe apurar.

 

 

 

Maranhos à Beirã

Ingredientes:

  • 500 g de cabrito (perna)
  • 1 bucho de carneiro    
  • 50 g de chouriço
  • 180 g de arroz
  • 1dl de vinho branco
  • 1 ramo de hortelã
  • sal e pimenta
  • Água

Confecção:

Lave o bucho muito bem.
Mergulhe o bucho numa panela de água a ferver e em seguida raspe-o até ficar completamente limpo.
Volte a lavar em água fria e corte-o em quadradinhos de 10cm de lado.
Com a ajuda de agulha e linha, coza os bocados de bucho formando uma espécie de saquinhos.
Corte as carnes em bocadinhos e tempere-as de sal, hortelã bem picada, vinho branco, um pouco de água e pimenta.
Junte o arroz cru e misture muito bem. Deixe repousar cerca de 2 horas.
Encha os saquinhos até meio com a mistura. Coza a abertura com agulha e linha.
Leve os saquinhos ao lume numa panela com água, sal e hortelã.
Quando os saquinhos se apresentarem louros e cheios, significa que estão bem cozidos.
Sirva acompanhado de couves cozidas.

             

 

NA: Comer sangue é uma vergonha....

 

Papas de Sarrabulho
à Moda de Braga

Colaboração de Barata Lima/Mauricio Carvalho (já falecido)

Só devem ser confeccionadas no Inverno, por 3 motivos:

1º. a matança do porco para ser salgado e colocado nas antigas salgadeiras, substituidas pelas actuais arcas;

2º. no Verão, o calor e as moscas varejeiras ou varejas depressa as deterioravam;

3º. porque de uma comida "pesada" se trata, não é nada aconselhada para a época muito quente, em que o vinho verde tinto tem de estar muito presente.

Ingredientes:
(+/- 24 doses)

  • 1 galinha (caseira de preferência) com cerca de 3 kgs. de carne limpa
  • 1,750 Kg. de carne da veia
  • 1 Kg. de fressura (ou colada) de porco
  • 1 osso velho da suã (ou na falta deste 1 pernil fumado)
  • 1 salpicão
  • 1 pedaço de presunto 
  • 0,500 Kg. de toucinho magro
  • 1 chouriça de carne
  • 1 chouriça de sangue
  • 36 pães de trigo secos (+/- 4 dias       
  • vários limões
  • bastantes cominhos
  • sal                                                                
  • pimenta branca
  • (sangue de porco esfarelado, ao critério do cozinheiro, mas pouco usado)

       "Boneca" de especiarias:

  • 3 cravinhos da Índia, pimenta branca/preta em grão, noz moscada,
    salsa, alho, loureiro, hortelã-pimenta

 

De véspera:

1º. - Coloque numa panela todas as carnes, juntas com a "boneca",
deitando água até as cobrir e deixe cozer bem, até as mesmas ficarem aptas a esfiar;

2º. - Esfie as carnes muito fininhas e triture a fressura.
Reserve os ossos, pele c/alguma gordura da galinha para
ferver com água para acrescentar ás papas, se necessário;
A água da cozedura é passada num coador, para retirar
qualquer bocado de osso;

3º. - Corte os pães em pedacinhos muito pequenos;

No dia de serem servidas:

4º. - Põe-se a ferver a água que foi coada;

5º. - Coloque o pão já partido e mexe com uma colher de pau;

6º. - Junte as carnes sem parar de mexer;

7º. - Tempere com sal e rectifique a pimenta, se necessário;

8º. - Deixe cozer +/- 1 hora até engrossar e mexa com um garfo de
dentes compridos para não emborbotar;

9º. - Quando ficarem espessas deite o sangue da galinha, mexendo
sempre e deixe ferver alguns segundos.

Na mesa:

10º. - Polvilhe com bastantes cominhos e sumo de limão, a gosto.

Acompanhe com

ROJÕES À MODA DO MINHO

TRIPA DE PORCO frita c/redenho (ou redanho)

FARINHATO frito ás rodelas (também conhecido por farinhote,
belouras, piloucos, bicas ou bolhachos)

SANGUE DE PORCO frito

FÍGADO DE PORCO frito.

Há quem também acompanhe com uma pequena quantidade de:

BATATINHAS PEQUENAS alouradas.


Nota: esta receita não dispensa uma deslocação a Braga para ver como são confeccionadas,  pois já há poucas casas que respeitem a receita tradicional,
talvez por ser bastante trabalhosa, e porque vão desaparecendo os antigos proprietários de afamadas pensões, de que algumas hoje já só possuem o nome

 

NA: e eles insistem...... Querem ver que é pecado?!

 

 

Chispalhada
Felicia Sampaio
Editora Culinária do Roteiro Gastronómico de Portugal

Ingredientes:
Para 6 a 8 pessoas

  • 2 farinheiras
  • 250 grs de chouriço de carne
  • 6 costeletas de porco
  • 250 grs. de toucinho entremeado
  • 3 pés de porco
  • 600 grs. de orelheira
  • 2 chouriços de sangue
  • 1 kg. de feijão branco
  • 1 couve lombarda
  • 3 nabos
  • 6 cenouras
  • 4 cebolas
  • 2 colheres de sopa de banha
  • salsa
  • sal q.b.
  • 2 folhas de louro
  • piripiri q.b.
  • 8 cravos-de-cabecinha
  • 4 batatas

Confecção:

Raspe, chamusque e lave muito bem a orelheira e os pés de porco.
Leve a cozer o feijão, os pés de porco e a orelheira em tachos separados, temperados com sal, 1 folha de louro, salsa e 1 cebola cravejada com os cravos.
Pique a restante cebola e leve a refogar com a banha.
Junte ao refogado todas as carnes e os enchidos os legumes e a hortaliça.
Regue com um pouco de água ou caldo de carne, junte o feijão tempere com sal, pimenta e piripiri, e deixe apurar.
Corte as carnes e os enchidos aos bocados e coloque no centro da travessa.
À volta disponha o feijão e a hortaliça e os restantes legumes.

             

NA: Também não se pode comer a menos que o porco calce 38 (no mínimo) e não tenha calos!

 

 

Arroz de Lingueirão
do Livro - O Algarve à Sua Mesa
Da Câmara Municipal de Portimão

 

Ingredientes:
Para 4 pessoas

  • 1 kg de lingueirão
  • 1,2 lt. de caldo de lingueirão
  • 400 gr de arroz agulha
  • 3 dentes de alho
  • 2 cebolas
  • 4 tomates maduros
  • 1 molho de coentros
  • azeite q.b.
  • azeitonas q.b.

Confecção:

Abra os lingueirões em água a ferver
.
Retire os miolos e reserve o caldo, limpe os lingueirões e corte-os em bocados.
Faça um refogado com o azeite, a cebola e os alhos picados e deixe alourar.
Junte o tomate cortado em cubos sem peles e sementes e deixe refogar mais um pouco.
Junte o caldo do lingueirão passado por um passador fino para não ficar com areia.
Tempere com sal e adicione o arroz agulha e deixe cozer durante, mais ou menos, 10 minutos.
Junte os lingueirões cortados e acabe a cozedura do arroz por mais 4 ou 5 minutos.
Sirva com coentros picados e decore com azeitonas à volta

NA: Está tudo parvo! A comerem aquelas coisas compridas e da pesca!!!

 

 

Punheta de Bacalhau
Felicia Sampaio
Editora Culinária do Roteiro Gastronómico de Portugal

Ingredientes:

  • 2 ovos cozidos;
  • 1 pimento grande verde;
  • 2 postas de bacalhau; 
  • 1 cebola média;
  • 2 dentes de alho;
  • sal q.b.;
  • pimenta q.b.;
  • 1 colher de sobremesa de salsa picada;
  • 6 colheres de sopa de azeite +-;
  • 2 colheres de sopa de vinagre +-.

Confecção:

Retira-se a pele e as espinhas e desfia-se o bacalhau à mão.
Lava-se depois o bacalhau em várias águas frias até perder o sal.
Escorre-se bem o bacalhau.
Entretanto asse o pimento, limpe-o e corte-o em tiras.
Em uma taça de vidro, disponha em camadas alternadas as tiras de pimentos, o bacalhau e os ovos cortados às rodelas.
Misture o azeite, o vinagre e a pimenta. Ligue bem.
Regue tudo com o vinagrete e polvilhe com a cebola, o alhos e a salsa previamente picados.


NA: Atão isto faz-se ao animalzinho?! E com a mão....

Por favor estamos na era das máquinas!!!

Retiradas de: http://www.gastronomias.com/receitas/carnes.htm

 

 

em Portugal
Ribatejo

| Túbaros fritos

Ingrediente Principal túbaros
Tempo de Preparação 3h
Grau de Dificuldade fácil
Nº de Pessoas 2 Pessoas
Calorias n.d.

Procure também em:
Alentejo

Fonte:
Comezainas

Imprima esta receita!
Versão de impressão

Ingredientes:  
 alho:  3 dentes 
 azeite:  1 dl 
 limão: 
 pimenta:  q.b. 
 sal:  q.b. 
 salsa:  1 raminho 
 túbaros:  0.5 kg 

Preparação:
Corte os túbaros em fatias grossas e leve-os a fritar em azeite numa frigideira, até corarem. Escorra-os muito bem num passador de rede, durante duas horas, sacudindo o escorredor de tempos a tempos. Corte as fatias em cubos e tempere com o sal, a pimenta e o sumo de dois limões, assim como os alhos picados e deixe marinar de uma noite para o dia seguinte. Frite os túbaros em azeite a ferver e decore com salsa picada.

 

 

NA: Eu sei bem a quem tirava os ditos...

 

 

Retirada de: http://comezainas.clix.pt/receitas/receita.asp?IDRec=1108&IDCT=2&IDSCT=72&CT=T

 


 

Uma pessoa brinca mas já esteve mais longe.....

já agora se acharem que devem assinar:

 

http://www.petitiononline.com/naoasae/ 


:
Bichanado por: Luar às 23:38
link do post | Miar ou Rosnar: | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

A Tendinha do Rossio

 

 

 

Pouco a pouco vão-nos tirando pedaços, pedaços de memória, de história, de aromas, de vidas.

 

Tudo quanto é típico e bonito vai fechando, se não é pela Crise é pela ASAI !

 

Qualquer dia já não existem os bancos de jardim feitos de madeira e pintados de verde. Um dia alguém se lembrará de dizer que faz mal à pele ou ao dedo mindinho e lá vão eles substituí-los por uns mostrengos de plásticos horríveis e pouco confortáveis!

 

As tascas, as feiras, tudo isso um dia acaba pois não é higiénico, não é asseado!!

 

Bolas para esta gente!

 

Queixam-se que as crianças andam sempre doentes, pudera tudo é tão desinfectado que os desgraçados ficam logo com gripe assim que alguém espirra em Almada!

 

Fecharam a minha casa da ginjinha e agora bebo a ginja aonde????!!!!

 

Por causa da higiene os copos já eram de plástico... Tristeza!!

 

Mas até ai eu concordo!

 

Já agora podiam dar-me uma garrafinha!

 

Espero que não vá ser mais uma coisa de hamburgueses ou massas ou coisa parecida.

 

 

Com tanta limpeza vamos morrer todos SAUDÁVEIS!!!!

 

 

 

Eu não!!!

 

 

Vou continuar a ir a tascas, ginjometros e afins!

 

 

 

 

 

"Tomar um ginja na "A Tendinha", mais conhecida como Ginjinha do Rossio é programa obrigatório,..." Retirado do site Jetsite

 

"Lisbon may be one of the trendiest capitals in Europe these days , but there is a tasty face of it popular culture few visitors have discovered : Ginja. This strong , sweet cheery liqueur is the unofficial drink of Portugal’s capital, and trying it is a rich experience . And , an affordable one . Two centuries ago Lisbon was surrounded by fruit orchards , and the local bitter cherries mixed well with the local brandy, or aguardente, making ginja. Tiny ginja bars sprung up around the Rossio, the heart of the city , some no larger than a doorway . Many survive today , offering their own small-batch produced ginja, fondly called a ginjinha by the locals . Two are quite famous . Next to the Arco da Bandeira, this is a little ginja house that in the 1830s was a hotbed for revolutionaries , poets , Fado singers , and artists . The Tendinha was captured in song in the Fado “Tendinha” as made famous by Amalia Rodrigues."

 

Retirado do Site The Unofficial Drink of Lisbon

 

"La Ginjinha: à en boire et pleurer pour en ravoir.

Si vous rentrez dans un des petits bar de Ginja et que vous demandez un verre, le serveur vous demandera sans doute : Com elas ou sem elas? en voulant dire si vous voulez les cerises au fond de votre verre; elles sont délicieuses, car elles sont marinées à l’intérieur de la bouteille. " Retirado do site Les Vins de Portugal

Tendinha au Rossio ( Lisbonne)

 

 

Por este andar vai se pela internet e em sites como estes que iremos ver rever as nossas casas pitorescas e tão queridas

 

 

 

 

Luar

 

:
Bichanado por: Luar às 22:41
link do post | Miar ou Rosnar: | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar

*tradutor / translater

Pode ser uma praia de águas turquesas peixes coloridos e luares românticos ou uma praia rochosa com altas escarpas, água cor de chumbo e céus rasgados pelos ventos e pelos raios.....

Se vieres na positiva (triste ou alegre), entra, descalça-te sente os cheiros e conversa! Se vens na negativa (mau ou mesquinho), nem te descalces que me sujas a areia....

Partido Pelos Animais

*Bisbilhutar:

 

*Posts recentes

* Stop que a ASAI não deixa...

* A Tendinha do Rossio

*arquivos

* Novembro 2015

* Outubro 2015

* Outubro 2014

* Abril 2014

* Outubro 2013

* Agosto 2013

* Maio 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Novembro 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

* Janeiro 2005

* Dezembro 2004

* Novembro 2004

*tags

* todas as tags

*links

View a_Luar's profile on slideshare
Partido Pelos Animais
flashvars="r=2&appId=1eeef5cd-d72f-487a-a611-ebff4263be90" >

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                               

blogs SAPO

*subscrever feeds